Av. Comendador Serafino Fileppo, s/n
Chapada Grande, Itapetininga, SP
Tel (15) 3273-1565
 
Gado Simental
 

O criatório da raça Simental-Fleckvieh da Fazenda Santa Luzia é o mais antigo do Estado de São Paulo. Em 1980 chegaram as primeiras novilhas importadas da Áustria, que deram início ao trabalho de melhoramento genético desde então.

A aptidão leiteira sempre foi prioritária na seleção das vacas, e hoje o plantel se compõe de descendentes dos mais importantes padreadores austríacos e alemães, uma vez que a inseminação artificial tem sido o principal método de reprodução utilizado.

A raça Simental é uma raça de dupla aptidão por excelência.

Além de produzir machos com bom ganho de peso (superior a 1500 g/dia) as fêmeas são ótimas produtoras de leite, algumas com mais de 30 litros/dia.
Nosso rebanho se compõe de vacas puras (PO) e cruzadas de vacas mestiças e holandesas, que eram a base do rebanho antes da introdução do simental. 

Paralelamente à criação de animais puros, fazemos o cruzamento absorvente sobre mestiças e holandesas e temos diversos animais puros por cruza (PC), além dos graus intermediários (1/2 sangue, 3/4 , 7/8, 15/16).

A produção de leite é controlada oficialmente, com o intuito de selecionar matrizes com produção acima dos 6000kg/leite/ano. 

O objetivo da criação é desenvolver o grande potencial leiteiro da raça, e difundir o uso de touros ou sêmen de  simental  sobre vacas leiteiras sem raça definida, uma vez que a alta herdabilidade de características desejáveis do simental já é comprovada largamente; não é por acaso que a raça Simental-Fleckvieh é uma das raças taurinas mais numerosas no mundo.

Ainda, como características da raça, a boa fertilidade, habilidade materna, rusticidade e excelente potencial tanto para o corte como para o leite, contribuem para um já conhecido papel no cenário da pecuária do Brasil, até porque a raça Simental já é antiga por aqui, uma vez que a Associação Brasileira de Criadores das Raças Simental e Simbrasil, sediada no Estado do Espírito Santo existe há mais de cinco décadas, sendo também uma das associações de raça mais antigas do nosso país.