Rottweiler

O Canil Eifelland situa-se na Fazenda Santa Luzia em Itapetininga , mas teve seu início em São Paulo, como criador de Fila Brasileiro apenas durante alguns anos.

A criação de Rottweiler foi iniciada há 35 anos, ainda em São Paulo, sendo o canil Eifelland um dos mais antigos criatórios de Rottweiler do Brasil, pois foi na década de 70 que apareceram os primeiros cães desta raça no Brasil.

Hoje, além da raça Rottweiler, o Canil Eifelland cria também a raça Border Collie e estes últimos são treinados aqui na fazenda para auxiliar no manejo do gado leiteiro. Este é um trabalho pioneiro, pois esta raça de cães é tradicionalmente utilizada na ovinocultura.

Tanto na criação dos Rottweilers como na dos Border Collies dá-se muita importância para as linhagens genéticas. Neste sentido obtém-se conformação desejada, bom temperamento nos Rottweilers e habilidade inata para pastoreio nos Border Collies.

O treinamento dos Border Collies é feito inicialmente com ovelhas da fazenda, para depois ser feita a introdução dos cães pastores ao rebanho de vacas. Eles se adaptaram muito bem ao trabalho e o pastoreio das vacas é feito de maneira tranqüila, condição necessária para não haver stress e consequente comprometimento da produção leiteira.

Os Rottweilers são utilizados na segurança da propriedade. Atualmente há em torno de doze cães, sendo que apenas os melhores são reprodutores. Estes são descendentes de grandes nomes brasileiros, além de vários nomes do cenário internacional, especialmente da Alemanha.